Perguntas Frequentes

Qual a diferença entre Brigada Eventual e Brigada Profissional?

Brigadista Eventual: pessoa pertencente à brigada que presta serviços, sem exclusividade, de prevenção e combate a incêndio, abandono de área e primeiros socorros em edificações e que tenha sido aprovada no Curso de Formação de Brigadista Eventual.

Brigadista Profissional: pessoa pertencente a uma empresa prestadora de serviço, ou da própria administração do estabelecimento, com dedicação exclusiva, que presta serviços de prevenção e combate a incêndio, abandono de área, primeiros socorros e atendimento de emergência em edificações e eventos e que tenha sido aprovada no Curso de Formação de Brigadistas Profissionais e se encontre habilitado junto ao CBMES.

 A empresa formadora poderá alterar o material didático do CBMES?

Não é autorizada a modificação de qualquer material didático do CBMES por qualquer instituição pública ou privada. 

Os brigadistas eventuais e profissionais poderão utilizar uniformes e símbolos parecidos com o CBMES?

De acordo com o art. 2º do decreto nº. 2.232-R, de 17 de março de 2009, é expressamente proibido o uso de uniformes, peças, distintivos ou insígnias, iguais ou semelhantes aos estabelecidos no RUICBMES, por qualquer instituição ou pessoa que não seja integrante do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Espírito Santo (CBMES).

Quais são as orientações para o dia da avaliação teórica de Brigada Eventual e Brigada Profissional?

O aluno não poderá entrar no quartel de chinelos, bermuda, short e camiseta regata. Deverá estar munido de caneta (preta ou azul), sendo facultativo o uso de borracha e lápis. Os demais materiais deverão ser colocados em local visível próximo ao avaliador. Aconselha-se ao aluno chegar com 30 minutos de antecedência, havendo uma tolerância máxima de 10 minutos, quando ocorrerá o início da avaliação. Não será permitida a entrada no local de prova após este tempo.

Quais são as orientações para o dia da avaliação prática de Brigadista Profissional?

As mesmas do item anterior, acrescentando que realizará prova prática e deverá estar bem descansado, se alimentar com refeições leves e estar bem hidratado. A avaliação prática exige um esforço físico razoável, sendo responsabilidade exclusiva do candidato qualquer incidente de saúde. Para a realização da avaliação prática, o cursando deverá apresentar atestado médico expedido no prazo máximo de 60 (sessenta) dias do exame.

O que fazer se o aluno se atrasar ou reprovar na avaliação?

O aluno deverá pagar o DUA pela nova avaliação, pois gera gastos públicos com cópias, diárias, tempo do avaliador e consumos diversos. Após o pagamento, deverá solicitar data para nova avaliação. 

Como comprovar o pagamento do DUA para o CBMES?

A empresa formadora poderá entregar pessoalmente o comprovante ou escaneado por email acrescentando o CNPJ da empresa pagadora. É importante lembrar que ao preencher o DUA deverá ser preenchido com o CNPJ da empresa pagadora e não o do CBMES.

O CBMES realiza cursos de Brigadas Eventual, Profissional, treinamentos de Primeiros Socorros, etc?

Sim. Entre em contato com o telefone (27) 3298-3202 ou envie email para sce.ceib@bombeiros.es.gov.br e verifique a disponibilidade do Centro de Ensino e as condições para que os cursos ocorram.

O CBMES aluga Pista de Treinamentos?

Sim. Entre em contato com o telefone (27) 3298-3202 ou envie email para sce.ceib@bombeiros.es.gov.br e verifique a disponibilidade.

Qual o número de cursistas por turma?

As turmas serão compostas de no máximo por 20 (vinte) alunos.

Quais os pré-requisitos exigidos dos cursistas?

Ser alfabetizado, possuir boa condição física e boa saúde e ter mais de 18 anos. O brigadista profissional deverá possuir o ensino médio, além destes citados.

O que devo fazer para obter a Certificação?

O cursista de Brigada Eventual terá que cumprir 100% da carga horária e no final do curso será submetido a uma avaliação teórica, na qual terá que obter 70% de aproveitamento para ser certificado.

O cursista de Brigada Profissional terá que cumprir 85% da carga horária prevista na NT 07/2016 e no final do curso será submetido a uma avaliação teórica, na qual terá que obter 70% de aproveitamento para prosseguir para a avaliação prática em que também terá que obter 70% de aproveitamento, em cada módulo, para ser certificado. 

Não será considerada para efeito de contagem desta carga horária, supramencionada, as especializações oferecidas pela formadora, não prevista nos anexos da NT07/2016. 

Qual a validade dos certificados?

01 (um) ano para Brigada Eventual e;
03 (três) anos para Brigada Profissional.

Para que serve a ARP - Anotação de Responsabilidade Profissional?

Todas as Empresas Especializadas na Formação e Treinamento para ministrarem cursos de brigada eventual e/ou brigada profissional deverão, obrigatoriamente, emitir para cada curso a respectiva ARP. A ARP tem por finalidade garantir aos cursandos que a formação é efetivamente realizada por empresas e profissionais habilitados e em instalações certificadas, além de possibilitar uma fiscalização e controle por parte do CEIB.

As empresas deverão se programar para o curso com antecedência a fim de evitar o cancelamento do curso. Não serão autorizados cursos iniciados sem a devida ARP a fim de se manter a qualidade na prestação destes cursos que envolvem riscos ao patrimônio e à vida. 

O CBMES poderá realizar vistorias de fiscalização de brigadas nas empresas?

As instalações das Empresas Especializadas na Formação e Treinamento, bem como os procedimentos de treinamento dos cursandos, estarão sujeitos a vistorias periódicas por parte do CEIB.

Em caso de irregularidades, o Certificado de Cadastramento poderá ser suspenso e/ou cancelado até que a Empresa Especializada na Formação e Treinamento regularize sua situação, conforme regulamentação baixada pelo CEIB. 

Como é feito o agendamento para avaliações?

A Seção de Cursos de Extensão será solicitada mediante requerimento por ofício ou através de contato telefônico nº (27) 3298-3202 no horário compreendido entre 13:00h e 17:00h. Para tanto a data somente será confirmada quando as quantidades a serem avaliados componham mais de 15 alunos por turma ou até 30 alunos, por turmas mescladas ou não, por tempo previsto de avaliação em consideração da grande rotatividade na utilização das salas de aula em decorrência dos cursos internos, em andamento no CBMES, e ainda devido a grande quantidade de solicitação das várias empresas cadastradas. 

O agendamento poderá ser feito também por meio do email:sce.ceib@bombeiros.es.gov.br

Quais são os ERROS FREQUENTES?

  1. ERRO DE CONFECÇÃO DE DIPLOMAS: Os diplomas deverão ser emitidos com o nome completo do Brigadista com RG, com carga horária do curso, local e período de treinamento, número e data da ARP, nome da empresa especializada na formação e treinamento, nome completo/formação/nº de cadastramento do instrutor no CBMES e a empresa somente deve enviar para registro os certificados dos aprovados. É importante estar atento à digitação das informações nos certificados, pois cada erro gera demora na sua entrega.
  2. PREENCHIMENTO DE FREQUÊNCIA NAS AULAS: O preenchimento das fichas de frequência deverá ser realizado a cada dia de aula. É comum ocorrer erros de data. É expressamente proibida a assinatura de todas as frequências no mesmo dia. A lista de frequência do dia de aula que será encaminhada para a SCE, deverá constar o nome da materia prevista no anexo da NT07/2016 para o curso ministrado.  
  3. CURRÍCULO NOS CERTIFICADOS: Os certificados deverão seguir os conteúdos previstos na norma. Caso a empresa formadora forneça outras disciplinas deverão ser emitidos em certificados avulsos e não necessitarão ser enviados ao CBMES para homologação.

Como eu sei que uma empresa está autorizada a formar e treinar brigadistas e  Bombeiros Profissionais Civis?

Está disponibilizada, no site www.cb.es.gov.br, (Seção de Curso de Extensão/ Relação de Empresas/ Empresa Especializada em Formação), os nomes, telefones, email e localização.

As empresas identificadas nesta relação do site estão cadastradas de acordo com a NT 07/2016. 

O que faço se não concordar a nota na avaliação teórica?

A NT 07 diz o seguinte: "5.3.6.5 A Empresa Especializada na Formação e Treinamento poderá, dentro do prazo de 05 (cinco) dias úteis após o recebimento relação nominal dos cursandos com a respectiva nota final, solicitar vista da prova, e se for o caso a revisão da nota."

O prazo será iniciado a partir do recebimento da relação por email ou outro meio escrito.

Como faço para requerer a Carteira de Habilitação de BP?

A atualização da NT07 retirou da norma a Carteira de Habilitação de BP, sendo o certificado de conclusão do curso, devidamente registrado pelo CBMES, o documento que habilita o Brigadista Profissional a exercer sua função. A fim de dar publicidade aos Brigadistas Profissionais devidamente legalizados, a seção divulga neste site a Publicação de Concludentes de Cursos. Neste local, qualquer cidadão poderá nos ajudar a fiscalizar quem está amparado pela legislação a atuar como Brigadista Profissional.

Como faço para agendar palestras e visitas no Corpo de Bombeiros?

O agendamento para palestras e visitas no 1º BBM da Corporação deve ser realizado pelo seguinte link SOLICITAÇÃO DE VISITA E PALESTRA

Os municípios contemplados pelo 1º BBM são Vitória, Vila Velha, Cariacica, Viana, Serra, Santa Maria de Jetibá e Santa Leopoldina. Os demais municípios podem realizar ligações telefônicas para a Unidade do Corpo de Bombeiros mais próxima e verificar disponibilidade. Clique aqui!

A Seção de Cursos de Extensão não realiza palestras e visitas para quaisquer instituições ou empresas, ficando apenas com a demanda de avaliação e fiscalização de brigadas e bombeiros profissionais civis. 

Caso as dúvidas permaneçam, mande-nos uma mensagem pelo Fale Conosco.

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard